História do Departamento de Aterosclerose (DA) da Sociedade Brasileira de Cardiologia

Por Neusa Forti e Jayme Diament

O DA foi oficializado como departamento da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) em 18/10/1994, após o Grupo de Estudos e Prevenção da Aterosclerose (GEPA) ter cumprido as formalidades previstas nos Estatutos da SBC.

A idéia da formação do GEPA nasceu da importância crescente dos assuntos relativos à prevenção e tratamento médico da aterosclerose, conseqüência dos resultados positivos dos estudos clínico-epidemiológicos de intervenção sobre os fatores de risco, principalmente a hipercolesterolemia, e da disponibilidade de medicamentos mais eficientes para controle das dislipidemias, como os inibidores da hidroxi-metilglutaril coenzima A redutase.

Os entendimentos preliminares para a criação do GEPA se iniciaram no decorrer do ano de 1988 entre a Presidência da Comissão Científica Permanente da SBC e a empresa Merck Sharp & Dohme (MSD), representada por Grácio Reis. Assim, antes da primeira reunião de criação do GEPA, foi sugerida a sigla GEPA e o projeto de pesquisa sobre o Perfil Lipídico da População Brasileira Economicamente Ativa, ainda em organização, seria considerado sua primeira atividade oficial. Seguiu-se reunião em Belém, Pará, por ocasião do XLIV Congresso da SBC (1988), mediante convocação da Presidência da Comissão Científica. Estiveram presentes entre outros: Sérgio Diogo Giannini, Jayme Diament, Neusa Forti, Marcelo Bertolami, Tânia Martinez, Luis Introcaso, Mário Maranhão, Ely Toscano-Barbosa, Lucélia Magalhães, Luciano Melo, Gilberto Correia Dias e Armênio Guimarães, pela Diretoria da SBC.

Em outubro de 1988, a revista Atheros passou a figurar como órgão de divulgação científica do GEPA.

A reunião de fundação oficial do GEPA ocorreu em 25/02/1989, em São Paulo, no Hotel Maksoud Plaza, por ocasião do Simpósio Internacional de Atualização em Hipercolesterolemia, sob o patrocínio da SBC. Nessa reunião foi aprovado o anteprojeto dos estatutos apresentado pela Presidência da Comissão Científica da SBC e realizada eleição da primeira Diretoria, assim constituída:

Presidente - Sérgio Diogo Giannini; Vice-presidente - Armênio Guimarães; 1º Secretário - Tânia Martinez; 2º Secretário - Marcelo Bertolami; Tesoureiro - Ely Toscano-Barbosa; Diretor Científico - Mário Maranhão

Os participantes desta reunião foram considerados Sócios Fundadores: Armênio Guimarães, Augusto Otávio Silveira Coutinho, Braina Ester Dereviacki, Celso Ferreira, Ely Toscano Barbosa, Gilberto Correa Dias, Jayme Diament, José Antonio Ramires, José Marcos de Góis, Lucélia Magalhães, Luciano Mello, Luiz Introcaso, Marcelo Bertolami, Mário Maranhão, Michel Batlouni, Neusa Forti, Protásio Lemos da Luz, Rubem Rodrigues, Sérgio Diogo Giannini, Tânia Martinez.

Sob a presidência de Sérgio Diogo Giannini (25/02/1989 a 17/09/1991), realizaram-se cinco reuniões em São Paulo, uma no Rio de Janeiro e uma em Curitiba com a finalidade de desenvolver programas para a classe médica relacionados ao elo aterosclerose-dislipidemia e o tratamento dos desvios lipídicos e, junto às Sociedades Brasileiras de Patologia Clínica e de Análises Clínicas, para a uniformização de laudos laboratoriais relacionados ao perfil lipídico.

Em 1989, ocorreu o Grande Circuito Nacional sobre Atualização em Hipercolesterolemia, nas cidades de Porto Alegre, Curitiba, Recife, Salvador e Belo Horizonte.

Em 1990, realizaram-se 20 foros de atualização cujos temas fundamentais abrangiam a epidemiologia da doença coronariana, o vínculo doença coronariana e dislipidemia, e o diagnóstico, orientação dietética e farmacológica das dislipidemias nas cidades de São Paulo (4), Rio de Janeiro (2), Goiania, Salvador, Recife, Belém, Belo Horizonte, Fortaleza, Florianópolis, São José dos Campos, Juiz de Fora, Curitiba, Caxias do Sul, Natal, São José do Rio Preto, e Ribeirão Preto.

Em São Paulo realizou-se, em 20/07/91, o Simpósio Internacional Dislipidemia-Aterosclerose - temas de interesse clínico, presidido por Sérgio Diogo Giannini.

A participação junto a Sociedade Latino-americana de Aterosclerose - SOLAT, foi confirmada, sendo o Dr. Jayme Diament designado como delegado do GEPA junto a essa sociedade em 16/09/91. A partir dessa data, estreitaram-se os laços entre o GEPA e a SOLAT que permanecem até hoje.

O Dr. Armênio Guimarães tornou-se o segundo presidente do GEPA (1991 - 1993). Em sua gestão, foi elaborado o I Consenso Brasileiro sobre Dislipidemia (Angra dos Reis, abril de 1993, publicado nos Arq Bras Cardiol. 1993;61(supl. 1):1-13), com a participação de vários membros do GEPA. Também houve considerável avanço no projeto Perfil Lipídico de População Brasileira Economicamente Ativa. Foram realizados sete fóruns de atualização sobre dislipidemias (dois em Recife, dois em Curitiba, um em Belo Horizonte, um em Porto Alegre e um em Salvador), e dois simpósios internacionais em São Paulo, presididos pelo Dr. Armênio Guimarães; 1) Simpósio Interamericano sobre Fatores de Risco de Doença Cardiovascular, com apoio da SBC, CNPq, Ministério da Saúde, Federação Internacional de Cardiologia, em 29/08/92; 2) Simpósio Ampliando as Fronteiras das Dislipidemias, em 17/10/92. Simpósio nacional sobre Dislipidemia e Prevenção de Doença Coronária foi promovido em 23/09/92, em Recife, por ocasião do Congresso da SBC.

Destacou-se nessa gestão o Seminário sobre Nutrição e Doença Cardiovascular, em São Paulo, em 14 e 15/05/93 com participação de médicos, nutricionistas e representantes da indústria de alimentos, publicado pela BG Cultural. A revista Atheros passou a circular com dois números anuais, tendo como editor o Dr. Sérgio Diogo Giannini.

Sob a presidência da Dra. Neusa Forti (1993 - 1995), o Grupo de Estudos e Prevenção de Aterosclerose (GEPA) tornou-se o Departamento de Estudos e Prevenção da Aterosclerose - DEPA (reunião da SBC, em 18/10/1994, realizada em Porto Alegre por ocasião do Congresso Brasileiro de Cardiologia). Posteriormente, atendendo o estabelecido pela SBC, o DEPA passou a chamar-se Departamento de Aterosclerose (DA).

Destacaram-se ainda na gestão da Dra. Neusa Forti (17/08/1993 a 05/09/1995):
    1. Oficialização do GEPA, como capítulo brasileiro da Sociedade Latinoamericana de Aterosclerose - SOLAT em 26/10/1993;
    2. Término em março de 1994 do projeto Perfil Lipídico da População Brasileira Economicamente Ativa, responsabilizando o Dr. Armênio Guimarães pela publicação dos resultados. A publicação ocorreu somente em 1998 (Guimarães AC, Lima M, Mota E, et al. The cholesterol level of a selected Brazilian population: biological and socioeconomic influences. Cardiovascular Disease Prevention. 1998;1:306-17);
    3. Projeto de pesquisa Perfil Lipídico de Indivíduos Submetidos a Cinecoronariografia em Diferentes Regiões do Brasil (publicado nos Arq Bras Cardiol. 1997;68:333-42);
     4. Participação junto a outras entidades:
        a. Internacionais:
a1.
Sociedade Latino-americana de Aterosclerose - SOLAT (II Congresso da SOLAT, Caracas, 24/10/93, ocasião em que foram divulgados o Consenso Brasileiro sobre Dislipidemia e os resultados do projeto Níveis Lipídicos em Amostra Populacional Brasileira Economicamente Ativa; III Congresso da SOLAT, Cancún, 28 a 30/09/95). Em 28/05/94, o presidente da SOLAT, Dr. Jorge Gonzales Barranco participou do Simpósio Internacional do GEPA.
a2. Sociedade Interamericana de Cardiologia, em Atlanta, 8 a 11/11/93 para a elaboração de documento de consenso sobre dislipidemia.
a3. International Lipid Information Bureau - ILIB (em Miami, 21/01/94, para divulgação do Consenso Latino sobre Dislipidemias e em Montreal, 09/10/94, para análise de projeto de pesquisa relacionado a atorvastatina).
        b. Nacionais:
b1.
Fundação Bahiana de Cardiologia e Unidade de Cardiologia e Cirurgia Vascular (Salvador, 05/08/94), Sociedade Brasileira de Climatério (São Paulo, 23/07/94) e FUNCOR. Com o apoio do FUNCOR, realizou-se o Dia Nacional do Colesterol em 28/07/95.
    5. Realização de dois eventos internacionais patrocinados exclusivamente pelo grupo/departamento: Aterosclerose-Evolução Controlável, em São Paulo, 28/05/94 – e Doença Arterial Coronária e Fatores de Risco em Salvador, 25 e 26/05/95.
       6. Eventos patrocinados em conjunto com outras entidades:
a. ILIB-Workshop internacional sobre lípides e diabetes, São Paulo, 19/04/94 e Workshop sobre Dislipidemias, Brasília, 26/08/94;
b. Centro de Treinamento de Lípides da Escola Paulista de Medicina de 21 a 23/07/94.
c. Instituto de Geriatria do Rio Grande do Sul: Simpósio Internacional Dislipidemia e DAC em São Paulo, 25/08/94 e Porto Alegre, 26/08/94.
d. Fundação Bahiana de Cardiologia e Unidade de Cardiologia e Cirurgia Cardiovascular em Salvador, 05/08/94.
e. Pro-Coração, Instituto de Medicina e Cirurgia, Simpósio sobre Dislipidemias e Aterosclerose, Recife, 31/03/95.
f. em apoio da indústria farmacêutica: 5 cursos e 50 simpósios.
       7. Reedição do I Consenso Brasileiro sobre Dislipidemias (Arq Bras Cardiol. 1994;63:67-79), com aval do Ministério da Saúde e 9 outras entidades médicas) e preparativos para o segundo Consenso sobre Dislipidemias;
       8. Definição da cidade de São Paulo como sede do DA.

De 1995 a 1997, a presidência foi exercida pelo Dr. José Ernesto Santos.
Destacou-se nesta gestão a realização do II Consenso Brasileiro sobre Dislipidemia, em São Roque, São Paulo, de 01 a 04 de maio de 1996, publicado nos Arq Bras Cardiol. 1996;67:113-8 e nos Arq Bras Endocrinol Metab. 1999;43(4):287-305. Este Consenso foi divulgado simultaneamente em seis capitais brasileiras, vertido para a língua espanhola e apresentado em reuniões da Sociedade Equatoriana de Cardiologia (Quito e Guayaquil) em julho de 1996.

Dois simpósios internacionais sobre dislipidemias e aterosclerose foram realizados: em Brasília (17/08/96), sob a presidência do Dr. Luis Introcaso e no qual, pela primeira vez, foram apresentados temas livres e auferido o prêmio Sérgio Diogo Giannini ao melhor deles (vencedor Dr. José Ernesto dos Santos) e em Belo Horizonte (08/08/97), sob a presidência do Dr. Marcos V. Malaquias, no qual se iniciou a integração com os grupos de Geriatria e Endocrinologia.

O DA elaborou o Plano Nacional de Educação em Colesterol, com o objetivo de levar a médicos residentes, estudantes e a população os conceitos de prevenção primária e secundária expostos no II Consenso.

Também apoiou a realização de 24 reuniões da indústria farmacêutica, visando a Educação Continuada (Fortaleza, Goiânia, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Campo Grande, Rio de Janeiro, Vitória, Brasília, Aracaju, Cuiabá, São José do Rio Preto, São Paulo, Ribeirão Preto, Campinas, Volta Redonda).

Na gestão Dr. Jayme Diament (1997 – 1999), especial atenção foi dada ao incremento das relações e do incremento com as Sociedades Latino-americana (SOLAT) e Ibero-Latino-americana (SILAT) de Aterosclerose, atividades que frutificaram e resultaram na ampla participação de colegas brasileiros – membros do DA, na programação científica do 5º Congresso da SOLAT e 1º Congresso da SILAT, realizados em Montevideo, 6 a 8/10/99: Dr. Jayme Diament participante da Mesa Executiva da SOLAT como representante do DA. Participantes conferencistas brasileiros: Sergio Diogo Giannini, Protásio Lemos da Luz, Jayme Diament, José Ernesto dos Santos, Luisa Goldfarb, Francisco Laurindo. Foram aceitos sete pôsteres de autores brasileiros: Brandão AP e cols., Moriel PE e cols., Martinez TLR e cols., Magalhães MEC, Salazar LA e cols. (3). O congresso teve ampla repercussão com a presença de investigadores de prestígio de vários países, tais como Emilio Ros, Fernandez-Britto, Jorge Torres, Ivan Dario Sierra entre outros. Realizaram-se simpósios:
    a) Internacionais:
         
1. VII Simpósio Internacional de Aterosclerose – DA/BR e Fundação Bahiana de Cardiologia, em Salvador, BA, de 9 a 12 de setembro de 1988. Coordenação de Alvaro Rabelo Jr. e Agnaldo David de Souza.
           2. VIII Simpósio Internacional de Aterosclerose, em Pousada do Rio Quente, GO, de 24 a 27 de junho de 1999. Presidente Abrahão Afiune Neto.
    b) Nacionais:
      
1. I Programa de Educação Continuada InCor 1998 – Módulo Dislipidemias-InCor HC.FMUSP, entre 17 e 18 de fevereiro de 1998.. Participação do DA.
           2. V Simpósio IMC sobre Dislipidemias – Promoção da SOCESP, Instituto de Moléstias Cardiovasculares e Sociedade de Medicina e Cirurgia de São José do Rio Preto, 6 de junho de 1988, São José do Rio Preto, SP.
           3. I Simpósio Nacional de Doenças Metabólicas, organizado pelo Centro de Extensão Universitária, 28 de novembro de 1988.
           4. II Simpósio Brasileiro sobre Síndrome Plurimetabólica, 9 a 11 de julho de 1999, promoção da Disciplina de Endocrinologia da Faculdade de Medicina da PUC/RS e InCor, HC.FMUSP.

Outras atividades: criação do logotipo do DA. Instituição do Boletim do DA com nome Cardio-Risco, sob a responsabilidade da BG publicações.

De 1999 a 2001, a presidência do DA foi exercida pelo Dr. Emilio Moriguchi. Nesse período, foram revistos e re-editados os estatutos do DA, com criação de um conselho consultivo composto por ex-presidentes e sócio-fundadores e mantida a indicação do Dr. Jayme Diament como delegado junto a SOLAT. Em 2000, o DA obteve sua filiação junto à International Atherosclerosis Society (IAS).

Em relação à educação continuada da classe médica sobre fatores de risco cardiovascular, realizou o projeto PANDORA (Programa de Adição Nacional do Conhecimento sobre Prevenção da Aterosclerose) e participou dos projetos ATUA 2000 (Programa de Educação Médica Continuada) e ATUA 2001.

Envolveu-se em projetos de pesquisa multicêntricos: 1) GOLD (Genetics, Outcomes and Lipids in Type 2 Diabetes), coordenado pelo Dr. Francisco Fonseca, com o objetivo de avaliar a evolução de diabéticos-dislipidêmicos; 2) MEDPED (Make Early Diagnosis to Prevent Early Death), para identificação de hipercolesterolemia familiar.

Sob coordenação do Dr. Raul Dias Santos Filho, em 25 e 26/11/2000, iniciaram-se os trabalhos para a elaboração das III Diretrizes Brasileiras de Tratamento das Dislipidemias e Prevenção das Doenças Ateroscleróticas. O jornal Cardio-Risco (antigo boletim), foi lançado e realizado o Curso Nutrição e Aterosclerose.

Sob a presidência do Dr. Kerginaldo Torres, realizou-se em Natal, RN, de 05 a 07/04/2001, o IX Congresso Brasileiro do DA.

O Dr. Emilio representou o DA em evento da SOLAT, de 23 a 26/10/2000, realizado em Havana, Cuba.

Na gestão de Tania Martinez (2002 - 2003), destacou-se a atuação junto ao Ministério da Saúde e que culminou com a portaria disciplinando a dispensação de hipolipemiantes na rede pública (Portaria 2577/GM de 27/10/2006) e a oficialização em Brasília (08/08/2002) do Dia de Controle do Colesterol Elevado.

Foram realizados dois importantes eventos: 1) Simpósio Internacional, sobre Dislipidemia de Difícil Controle, 30/11/2002, em São Paulo; 2) X Congresso Brasileiro de Aterosclerose, Santos, 14/06/2003, sob a presidência do Dr. Hermes Toros Xavier. Houve continuidade dos projetos GOLD, ATUA, MED PED, envolvimento do Dr. Raul Dias Santos no programa Aterosclerose nas Américas da American Heart Association (11/02/2002) e FUTURE FORUM (da Astra Zeneca). Continuaram a ser editados e distribuídos a revista Atheros até 2003 e o jornal Cardio-Risco (posteriormente denominado Cardio-Lípides).

Desenvolveram-se ações comunitárias em escolares de Itapetininga, sob a coordenação do Dr. Abel Pereira e um projeto para averiguar a conduta de médicos “não acadêmicos” na América Latina em relação a metas de tratamento das dislipidemias sob a coordenação do Dr. Dikran Armaganijan. Diversos membros dessa gestão participaram de programas e/ou publicações da SBC tais como Atualização em Cardiologia, Brasil Discute Coração, Manual de Dislipidemia, Pocket Book Dislipidemia. Entendimentos para trabalhos conjuntos foram desenvolvidos com o grupo de Medicina Clínica (SBC).

No biênio 2004 - 2005, o presidente foi o Dr. Francisco Fonseca. Destacaram-se duas reuniões para elaborar a: I Diretriz de Prevenção de Aterosclerose na Infância e Adolescência, realizada em Campos do Jordão, 10 e 11/12/2004 (publicada nos Arq Bras Cardiol. 2005;85(supl. 6):8-36) e IV Diretriz Brasileira sobre Prevenção de Aterosclerose, realizada em Bento Gonçalves, 24 a 25/06/2005, publicada nos Arq Bras Cardiol. 2007;88(supl 1)2-19.
Importantes eventos ocorreram:
1. Simpósio Internacional sobre Aterosclerose na Infância e Adolescência, 20 e 21/08/2004, em Florianópolis, presidido pelo Dr. Harry Correa Filho.
2. XI Congresso Brasileiro de Aterosclerose, São Luis, MA, em 25 e 26/11/2005, presidido pelo Dr. José Xavier de Melo Filho.
3. I Workshop sobre Biologia Vascular em São Paulo, 2005, com participação de representantes da USP-SP, UNIFESP, UNESP, UNICAMP, CNPq, CAPES, FAPESP.
4. Simpósio Internacional sobre Doença Aterosclerótica no Idoso, Belo Horizonte, MG, em julho de 2005, presidido pela Dra. Andrea Loures.

As relações com a SOLAT, SILAT e IAS foram estreitadas. O Dr. Francisco Fonseca foi eleito para a vice-presidência da SOLAT em 2005 no Congresso da SOLAT/SILAT em Acapulco, no México. Nessa ocasião, houve entendimentos para a realização do I Congresso Panamericano de Aterosclerose, a ser realizado em 2007 em Campos do Jordão, SP.

Após várias reuniões com a BIREME, empresas gráficas e patrocinadores, foi criado o International Journal of Atherosclerosis, com o objetivo de publicar e divulgar em língua inglesa, pesquisas brasileiras originais relacionadas às dislipidemias e outros fatores de risco. O Dr. Francisco Fonseca foi oficialmente indicado como editor-chefe e a revista afiliada à IAS. Foi publicada de 2006 a 2010, ocasião em que foi descontinuada por problemas financeiros.

Sob a presidência do Dr. Marcelo Bertolami (2006 - 2007), realizaram-se:
1. VI Simpósio Internacional de Aterosclerose, em Porto de Galinhas, de 27 a 29/04/2006, presidido pelo Dr. Edgar Pessoa de Mello.
2. Workshop de Biologia Vascular, no Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, São Paulo, de 29 a 30/09/2006.
3. I Congresso Panamericano de Aterosclerose, em Campos do Jordão, de 09 a 11/08/2007, presidido pelo Dr. Francisco Fonseca, com participação da SOLAT, SILAT e IAS. O Congresso Brasileiro de Aterosclerose foi realizado conjuntamente.
Foram publicados:
1. IV Diretrizes sobre Dislipidemias e Prevenção de Aterosclerose (Arq Bras Cardiol. 2007;88(supl. 2):2-19
2. Dois números do International Journal of Atherosclerosis.
A cidade de Campinas foi escolhida para sediar o Congresso de Aterosclerose a ser realizado em 2009, com presidência do Dr. José Francisco Saraiva.
Durante esta gestão, houve importante mudança nos estatutos do DA: os futuros presidente e vice-presidentes serão eleitos por ocasião de eleição do presidente da SBC nos anos ímpares, devendo os nomes ser anunciados pela diretoria vigente com antecedência de 60 dias de eleição e as chapas completas confirmadas até 30 dias antes.

Destacaram-se na gestão do Dr. Andrei Sposito (2008 - 2010), a realização de:
1. XII Congresso Brasileiro de Aterosclerose, Campinas 6 a 8 de agosto de 2009, presidido pelo Dr. Francisco Saraiva e no qual foram utilizados recursos financeiros do CNPq e FAPESP;
2. Workshop de Biologia Vascular no campus da USP, presidido por Dr. José Antonio Franchini Ramires em novembro de 2010.
Chamou a atenção a busca incessante para ações governamentais voltadas à prevenção da doença aterosclerótica, colaborando para a criação da Assistência Farmacêutica Especializada (Portaria GM/MS nº 2981/2009) e distribuição gratuita da sinvastatina em São Paulo.
Os programas de educação continuada foram mantidos assim como a publicação Cardiolípides.
Também foi feita ampla divulgação das IV Diretrizes, inclusive por cursos virtuais, coordenados pelo Dr. José Rocha Faria e encartes a serem distribuídos na gestão posterior.
O DA apoiou a criação do Conselho Latino-americano para cuidado cardiovascular (CLACC), iniciado em 2007.
Neste mesmo ano, na cidade de Acapulco, no México, durante o IX Congresso Latinoamericano de Aterosclerose o Dr. Hermes Toros Xavier, Delegado do DA para SOLAT e SILAT a partir de 2004, foi eleito o primeiro brasileiro Presidente da SOLAT para o biênio 2008-2009, realizando inclusive, em novembro de 2009, em Santos / SP, X Congresso Latinoamericano de Aterosclerose.

Seguiu-se a gestão do Dr. Raul Dias Santos Filho (2010 - 2011), na qual chamaram a atenção a:
1. Realização do Workshop Biologia Vascular, São Paulo, 27/01/2010.
2. Workshop sobre Ácidos Graxos, 27-28/05/2011, São Paulo
3. Diretriz sobre Hipercolesterolemia Familiar, publicado em Arq Bras Cardiol. 2012;99(2 supl. 2):1-28.
4. Diretriz sobre Consumo de Gorduras e Saúde Cardiovascular, dezembro de 2012.
5. XIII Congresso Brasileiro sobre Aterosclerose, 4-6/08/2011, em Florianópolis.
Em relação à educação, ressalta a participação no programa TV Saúde, programação diária de 6 horas para ser apresentada nas salas de espera de consultórios via satélite.
Houve aumento de tiragem da Revista Cardiolípides, com previsão de 10.000 exemplares, mas ela foi encerrada em 2011 por falta de patrocínio.
A página do DA foi reformulada no site da SBC e nela foi publicada a posição do DA em relação a temas controversos em dislipidemias e prevenção da aterosclerose.
O DA também apoiou o programa Hipercol Brasil que se realiza no Instituto do Coração do HC FMUSP (InCor).

Na gestão do Dr. Hermes Toros Xavier (2012 – 2013) a educação médica-continuada envolveu os fatores de risco na aterosclerose e o tratamento para a prevenção da doença cardiovascular.

Lançou o programa Athero na Web, do qual participam mensalmente sócios do DA vinculados a longo prazo com os tomas propostos. Em março de 2012 lançou o boletim do DA, intitulado AtheroNews, que foi enviado por e-mail a todos os sócios.

Criou núcleos de estudos em hipercolesterolemia familiar, diabetes e doença cardiovascular, nutrição e doença cardiovascular, aterosclerose e biologia vascular e para atualização das diretrizes. Promoveu, em 2012, reunião de todos esses núcleos e o Simpósio Anual do DA, por ocasião do Congresso Brasileiro de Cardiologia em Recife.

Publicou a atualização da Diretriz Brasileira sobre Dislipidemias e Prevenção de Aterosclerose e nos dias 09 e 10 de agosto promoveu na cidade de São Paulo, a 14º edição do Congresso Brasileiro de Aterosclerose.

Publicou ainda duas diretrizes: I Diretriz Brasileira de Hipercolesterolemia Familiar (Arq Bras Cardiol. 2012;99(supl. 2):1-28 e a I Diretriz sobre o Consumo de Gorduras e Saúde Cardiovascular (Arq Bras Cardiol. 2013;100:1(supl. 3):1-40

A gestão atual é presidida pelo Dr. José Rocha Faria Neto e sua diretoria é composta pelos Drs. Andrei Sposito (vice-presidente), André Faludi (Dir. Científico), Viviane Rocha (Dir. Administrativa) e Daniel Branco Araujo (Dir. Financeiro). Nesse biênio pretendem trabalhar na atualização da Diretriz de Prevenção e Aterosclerose na Infância e Adolescência e manter os projetos dos núcleos, Atero na Web e a revista Cardiolípides. Em 2015 lançará o 15º congresso Brasileiro de Aterosclerose sob a presidência do Dr. Antonio Carlos Palandri Chagas. O evento será realizado em São Paulo no mês de agosto.

Conheça as Diretorias:

Gestão Diretoria
   
1989-1991 Sérgio Diogo Giannini (Presidente)
Armênio Costa Guimarães (Vice- Presidente)
Ely Toscano Barbosa (Tesoureiro)
Mario Fernando de Camargo Maranhão (Diretor Científico)
Tânia Leme da Rocha Martinez (1ª secretária)
Marcelo Chiara Bertolami (2º secretário)
   
1991-1993 Armênio Costa Guimarães (Presidente)
Neusa Assumpta Forti (Vice-Presidente)
José Carlos Carneiro de Lima (Tesoureiro)
Mario Fernando de Camargo Maranhão (Diretor Científico)
Jairo Jesus Mancilha Carvalho (1º secretário)
   
1993-1995 Neusa Assumpta Forti (Presidente)
Tânia Leme da Rocha Martinez (Vice-Presidente)
José Carlos Carneiro Lima (Tesoureiro)
Luiz Antonio Ribeiro Introcaso (Diretor Científico)
Luiz Carlos Bodanese (1º secretário)
   
1995-1997 José Ernesto dos Santos (Presidente)
Luiz Carlos Bodanese (Vice-Presidente)
Edgard Pessoa de Melo Junior (Tesoureiro)
Jayme Diament (Diretor Científico)
José Paulo Novazzi (1º Secretário)
   
1997-1999 Jayme Diament (Presidente)
Tânia Leme da Rocha Martinez (Vice-Presidente)
Agnaldo David de Souza (Tesoureiro)
José Ernesto dos Santos (Diretor Científico)
José Paulo Novazzi (1º Secretário)
Luis Introcaso (2º Secretário)
   
1999-2001 Emílio Hideyuki Moriguchi (Presidente)
Raul Dias dos Santos Filho (Vice-presidente)
Andréia Assis Loures Vale (Tesoureira)
Francisco Antonio Helfenstein Fonseca (Diretor Científico)
Wilson Salgado Filho (1º secretário)
André Arpad Faludi (2º secretário)
Sérgio Diogo Giannini (Editor da Revista Atheros)
Edgar Pessoa de Mello Junior (Dir. para Educação Médica Continuada)
   
2002-2003 Tânia L. R. Martinez (Presidente)
Dikran Armaganijan (Vice-Presidente)
Raul Dias dos Santos Filho (Diretor Científico)
José Carlos Lima (Tesoureiro)
Kerginaldo Paulo Torres (Secretário)
   
2004-2005 Francisco Antônio Helfenstein Fonseca (Presidente)
José Francisco Kerr Saraiva (Vice-Presidente)
Bruno Caramelli (Diretor Científico)
Abrahão Afiune (Tesoureiro)
Hermes Toros Xavier (1º secretário)
Bruce Bartholow Duncan (2º secretário)
   
2006-2007 Marcelo Chiara Bertolami (Presidente)
Wilson Salgado Filho (Vice-Presidente)
José Rocha Faria Neto (Diretor Administrativo)
Dikran Armaganijan (Diretor Financeiro)
Andrei Carvalho Sposito(Diretor Científico)
   
2008-2009 Andrei Carvalho Sposito (Presidente)
Otávio Rizzi Coelho (Vice-presidente)
Carlos Scherr (Diretor Administrativo)
José Rocha Faria Neto (Diretor Financeiro)
Raul Dias dos Santos Filho (Diretor Científico)
   
2010-2011 Raul Dias dos Santos Filho (Presidente)
Andréia Assis Loures Vale (Vice-presidente)
Otávio Rizzi Coelho (Diretor Administrativo)
Antonio Casella Filho (Diretor Financeiro)
Hermes Toros Xavier (Diretor Científico)
Renato Jorge Alves (Diretor Associado)
Daniel Branco de Araújo (Diretor Associado)
Fernando Cesena (Diretor Associado)
   
2012-2013 Hermes Toros Xavier (Presidente)
José Rocha Faria Neto (Vice-presidente)
Viviane Zorzanelli Rocha Giraldez (Diretora Adjunta Administrativa)
Marcelo Heitor Vieira Assad (Diretor Financeiro)
Maria Cristina de Oliveira Izar (Diretora Adjunta Científica)
Carlos Daniel Magnoni (Coordenador do Núcleo de Estudos em Nutrição e Saúde Cardiovascular)
Francisco Antônio Helfenstein Fonseca (Coordenador do Núcleo de Estudos em Diabetes e Doença Cardiovascular)
Alexandre da Costa Pereira (Coordenador do Núcleo de Estudos em Aterosclerose e Biologia Vascular)
   
2014-2015 José Rocha Faria Neto (Presidente)
Andrei Carvalho Sposito (Vice-presidente e Coordenador do Núcleo de Estudos em Diabetes e Doença Cardiovascular)
André Arpad Faludi (Diretor Científico)
Viviane Zorzanelli Rocha Giraldez (Diretora Administrativa)
Daniel Branco de Araujo (Diretor Financeiro)
Carlos Daniel Magnoni (Coordenador do Núcleo de Estudos em Nutrição e Saúde Cardiovascular)

Desenvolvido pela Diretoria de Tecnologia da SBC
Todos os Direitos Reservados © Copyright 2015
Sociedade Brasileira de Cardiologia | Tecnologia@cardiol.br